Amop debate o que pode e o que não pode na campanha eleitoral
09/07/2024 14:25 em POLITICA

Com a presença de prefeitos, secretários municipais, assessores e procuradores jurídicos, a Amop (Associação dos Municípios do Oeste do Paraná) promoveu nesta terça-feira (9) uma manhã de debates e explanações sobre temas importantes relacionados às eleições municipais que vêm por aí.

A menos de três meses do pleito, e ainda com muitas dúvidas a serem sanadas, a entidade convidou os conceituados advogados Luciano Katarinhuk e Alexandre Gregório, especialistas em legislação eleitoral, e o professor de comunicação da Unicentro, Márcio Fernandes, para um ciclo de palestras sobre as normas que irão regular a campanha eleitoral.

Entre os assuntos comentados estiveram as condutas vedadas aos candidatos, pré-candidatos e prefeituras durante este período, regras de publicidade e publicação de conteúdos e o impacto do uso da Inteligência Artificial nos materiais políticos, especialmente nas redes sociais.

O evento, que ainda contou com a presença do diretor da Fundação de Apoio ao Desenvolvimento da Universidade Estadual do Centro-Oeste, professor Paulo Syritiuk, tratou ainda dos cuidados com as fake news e a importância da checagem das informações. 

"Precisamos nos preocupar com a reeducação midiática diante das mudanças que estamos vivendo. E isso não deve ser exclusividade dos assessores de imprensa ou de campanha. Os próprios pré-candidatos precisam estar atentos, porque se não depois vem a mão pesada ou da justiça, ou da audiência. Por isso, eventos como esse, promovidos pela Amop, são tão importantes", alertou o professor Márcio Fernandes. (Foto: Divulgação)

COMENTÁRIOS