Pelada termina em tragédia: promotor morre aos 57 anos
12/06/2024 08:23 em GERAL

Tanto a subseção da OAB (Ordem dos Advogados do Brasil) quanto a Prefeitura de Foz do Iguaçu emitiram no fim da tarde desta terça-feira (11) notas de pesar pelo falecimento, prematuro e acidental, do promotor de Justiça e professor universitário Renan Gabardo Fava, de 57 anos.

Ele ministrava aulas na Unifoz e foi vitimado por um grave acidente sofrido durante uma pelada (partida de futebol) no último sábado (8), ao bater a nuca no piso, e faleceu nesta terça-feira (11). Fava chegou a ser submetido e uma cirurgia de emergência no Hospital Municipal de Foz do Iguaçu, mas não resistiu à gravidade dos ferimentos.

"Sua trajetória exemplar no órgão ministerial e sua dedicação ao ensino, que ajudou a formar várias gerações de advogados, deixam um legado de retidão, exemplo de estudo, sabedoria, ética e compromisso com a Justiça e será eternamente lembrado por todos que tiveram o privilégio de conhecê-lo e aprender com ele", diz nota da OAB.

Já a Prefeitura destacou, também em nota oficial, que Renan "será lembrado por sua dedicação à educação e à Justiça, sempre empenhado em servir a comunidade de Foz do Iguaçu". (Foto: Divulgação)

COMENTÁRIOS